July 14 2014

Andréia Silveira

Curso de inglês


Embora tenha aumentado o número de pessoas estudando inglês no país, o domínio nessa língua ainda deixa a desejar. O Brasil já perdeu muitas oportunidades devido à falta de profissionais que tenham domínio do inglês. Empresas estrangeiras tinham projetos no nosso país, mas optaram por outros países devido à falta de mão de obra qualificada por aqui.

No que diz respeito a fluência, o Brasil está perdendo para cinco países somente na América Latina, de acordo com um índice mundial de proficiência da língua inglesa pela Education First. Foi feito uma avaliação entre 2007 e 2009 com mais de 2 milhões de estudantes de inglês em 44 países e os brasileiros ficaram com a 31ª posição, no limite entre duas categorias: “proficiência baixa” e “proficiência muito baixa”, perdendo para países como Costa Rica, México, Argentina, El Salvador e Guatemala, além da Arábia Saudita e Malásia.

Esperamos que esse índice tenha aumentado com a Copa do Mundo no Brasil, já que foram abertos diversos cursos gratuitos de inglês. E você, já está se preparando para começar um curso de inglês?

A importância do curso de inglês

Atualmente, ter um segundo idioma passou a ser um requisito fundamental para quem deseja novas e boas oportunidades de emprego. A língua inglesa está em primeiro lugar entre as línguas estrangeiras para todos os campos profissionais, pois o mundo todo fala esse idioma.

Fazer um curso de inglês se tornou item essencial no currículo de qualquer profissional e ter o inglês fluente é um enorme diferencial para quem quer uma carreira de sucesso. Sem contar que quem domina a língua tem um diferencial no salário, podendo chegar a ganhar até a 70% mais do que um profissional que não tem habilidades nessa língua.

Em nosso país, o inglês está presente na realidade da maioria dos alunos, porém eles só se despertam para um curso que o tornam fluentes nessa língua quando estão à procura de um emprego. É preciso despertar o interesse nas crianças o quanto antes já que o mercado está exigindo cada vez mais o domínio do inglês na contratação de profissionais.

Em muitos cargos, não adianta ter um currículo excelente e não ter sequer um conhecimento básico de inglês. A questão é saber até quando nós, brasileiros, vamos perder grandes oportunidades pela falta de um segundo idioma? Até quando empresas vão deixar de investir no país com novas oportunidades de emprego por não encontrar profissionais qualificados?

Por que estudar inglês?

O inglês é um idioma presente no mundo inteiro e é falado em mais de 55 países, sendo uma língua considerada como uma exigência para profissionais de diversas áreas e um diferencial para salários em vários cargos. De acordo com uma pesquisa realizada pela Catho, cerca de 80% das entrevistas realizadas no país são feitas em inglês, onde apenas 3% desses profissionais falam fluentemente e sem dificuldades.

Devido a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016 a busca por profissionais que falam fluentemente a língua cresceu muito. Escolas e universidades perceberam essa procura e investiram no curso e incentivaram seus alunos a participar, mostrando as portas de empregos que estão abertas a profissionais preparados com o domínio do idioma.
Os setores do mercado de trabalho que mais exigem o inglês fluente em novos profissionais são: marketing, petróleo e gás, TI, finanças e naval e industrial.

Inglês é importante só para o ramo profissional?

Saber ler, falar e entender o idioma são de extrema importância. Se você viajar a passeio, principalmente para outro país, poderá perceber que o inglês estará sempre presente, mesmo que não seja para um lugar onde a língua principal seja o inglês.

Você pode encontrar palavras em inglês em cardápios de restaurantes, letras de músicas, filmes, revistas, jornais e em muitos outros lugares. Esse é um idioma muito importante para ser aprendido, pois faz parte do dia a dia de todas as pessoas, principalmente em um país estrangeiro.

E se você não está no mercado de trabalho por motivos como graduação ou especialização, ter um curso de inglês se torna imprescindível, pois através dessa língua você pode participar de muitas atividades acadêmicas, como pesquisas, intercâmbio, estágios e outros. Sem contar que ter o curso de inglês é agregar mais valor ao seu currículo.

Principais escolas de inglês do Brasil

São inúmeras as escolas que oferecem curso de inglês no país e mesmo assim a falta desses profissionais é imensa. Cada um dos cursos de inglês possui sua metodologia de ensino, com suas particularidades e podem ser feitos na modalidade presencial ou à distância.

Tem curso de inglês para todas as necessidades, para profissionais que deseja aprender do zero e para os que pretendem apenas aperfeiçoar os seus conhecimentos. Conheça alguns cursos de inglês do país:

CNA

Com 501 unidades em todo o país, a CNA é uma escola de idiomas com 39 anos de experiência. Ela utiliza uma metodologia que é baseada na comunicação oral, onde cada aluno aprende, primeiramente, a pronúncia e só então a gramática. A escola oferece material didático próprio e um portal do aluno, onde cada aluno pode ter contato com essa língua quando desejar, aprimorando seus conhecimentos fora da aula.

Wizard

Essa é a principal rede de ensino de idiomas do Brasil. Sua metodologia de ensino é de acordo com a necessidade de cada aluno. Oferece cursos para 8 idiomas, onde seu destaque é o inglês. São unidades distribuídas por 11 países e você poderá encontrar uma bem próxima.

ABA English

Com essa escola o aluno não precisa sair de casa para aprender, pois oferece curso de inglês à distância. A escola oferece ao aluno o ensino de acordo com o ritmo de cada um e os professores estão disponíveis online, assim a pronúncia de seus alunos é corrigida em tempo real. Sem contar que o aluno da ABA English pode consultar qualquer tipo de estrutura gramatical de forma rápida e fácil.

CCAA

Oferece um dos cursos de inglês mais tradicional do país com mais de 50 anos de experiência e alta qualidade no ensino oferecido. A escola foca no aprendizado tradicional, ou seja, em salas de aula, dividindo o curso em módulos para que seja proporcionado aos alunos uma boa base e excelente conhecimento no idioma.

Fisk

Também é uma escola tradicional e seu foco de ensino está na gramática, que é bem necessário esse conhecimento, já que a língua inglesa é uma das que tem mais gramática, ou milhares de palavras.

Yázigi

O curso tem como diferencial dar aulas para pequenos grupos de alunos. Sem contar que o Yázigi oferece diversas tecnologias diferentes de ensino e possui excelentes oportunidades de intercâmbio.

Skill

Essa é uma escola de idiomas bem tradicional. Criada em 1973, ela já possui 300 franquias no país e conta com material próprio e muito moderno. Seu material é focado em conversação e em estudos de neurolinguística.

Wise up

É destinado a profissionais que já atuam no mercado e precisam aprender inglês em pouco tempo. Isso porque o curso é rápido (18 meses) e seu foco de aprendizado está nas expressões utilizadas no dia a dia dos profissionais e nas empresas.

Antes de optar por uma escola que ofereça um curso de inglês, pesquise e escolha a que mais se adéqua às suas necessidades e ao seu jeito de aprender, lembrando que existem cursos focados em gramática e outros voltados à conversação.

Caso precise, entre em contato conosco informando a sua dúvida. Teremos um prazer em te ajudar!

About Andréia Silveira

Andréia Silveira está cursando Turismo e fez diversos cursos na área de tecnologia. É escritora freelancer e tem uma enorme paixão pela escrita, com o interesse na criação e publicação de artigos de qualidade em diversas áreas do conhecimento.


Discussão

Sem comentários. Seja o primeiro a responder!

Postar um comentário

Os comentários estão encerrados.