March 23 2015

Jeniffer Elaina da Silva

Como falar pontos fortes e fracos em uma entrevista


Como falar pontos fortes e fracos em uma entrevistaConsideradas grandes tabus, as entrevistas de emprego não são assim um bicho de sete cabeças, ainda quando várias dicas já estão bem esmiuçadas para todos se darem bem neste processo tão aterrorizador.

O primeiro passo antes de se descabelar é procurar tudo sobre a empresa para a qual você fará a entrevista. Aprenda sobre ela como se já estivesse trabalhando lá.  Nos sites das corporações mesmo você pode aprender quase tudo e, se obtiver poucas informações, que tal chegar uma horinha antes da sua entrevista e lá mesmo aprender sobre a empresa?

Outra dica, também muito importante, é que você simule a sua entrevista de emprego. Pense nas perguntas e no que responderá. Se possível, faça uma espécie de ‘teatrinho’ com um amigo ou alguém da sua família. Mas leve a sério e depois pergunte se ficou bom. Trate como se fosse mesmo a sua entrevista, pois isso lhe dará mais confiança na hora.

Durante o processo de seleção, nada de ficar olhando para os lados. Olhos nos olhos do seu entrevistador. Para os mais perceptivos é um ótimo momento para perceber o que ele espera de você. As próprias perguntas podem lhe direcionar ao que ele quer que você responda. Mas, para perceber isso, você precisa estar bem atento.

Para a sua entrevista você também deve estar atento às roupas que está usando, devendo optar pelas de cores neutras e sem estampas; unhas cortadas e, no caso das mulheres, feitas com cores discretas; cabelo arrumado; homens de barba aparada. Tudo isso passará a impressão de quem você é. Mas o que definirá se você passará na entrevista ou não, obviamente é o que você falará.

Por isso, vamos dar algumas dicas de uma parte muito importante da entrevista. Como falar seus pontos fortes e seus pontos fracos de maneira correta.

Sobre os pontos fortes

É uma pergunta certa na hora da entrevista. Quais são os seus pontos fortes? Com isso, o examinador quer saber se você realmente se conhece bem. Mas para ajudá-lo, Ademir Rossi, da área de desenvolvimento da Felipelli e, Homero Amato, professor do INP, lhe dão algumas dicas.

  • Ao dizer suas melhores habilidades, deve focar-se no cargo para o qual está fazendo a entrevista.
  • Você também pode dizer algumas características positivas com base na missão e nos valores da empresa.
  • Desenvolva a sua resposta objetivamente tendo em vista a experiência que já teve no mercado.
  • Utilize a linguagem corporativa e não uma linguagem coloquial.
  • Não fique citando características que são essenciais que você tenha, como pontualidade, disposição, entre outros.
  • Diga qualidades que você possui e que são fundamentais em sua área de atuação.
  • Se você é do tipo um pouco menos comunicativo, o que pode lhe ajudar muito na hora da entrevista é um portfólio. Monte um portfólio bem organizado e, durante as perguntas, peça permissão para responder apresentando-o. É essencial também, caso você vá fazer isso, que tenha em mãos o seu currículo.
  • Preste atenção no que você está dizendo. Quando você fala sobre algo que você fez ou algo que você deixou de fazer, estará revelando traços da sua conduta. Então, em outras fases da seleção, você pode correr o risco de ser contraditório, caso invente alguma coisa.

Sobre os pontos fracos

Quando o examinador pergunta os seus pontos fracos, o que ele quer saber é como você lida com as suas fragilidades. Alguns consultores já deram dicas de como você deve responder. Vamos a elas:

  • Quando pedirem pra dizer os pontos fracos, tente disfarçar e diga apenas um.
  • Não fique enfatizando suas características negativas, fale sobre como você anda agindo para superá-las.
  • Ser perfeccionista ou extremamente organizado são qualidades e não defeitos. Portanto, não erre ao respondê-los como pontos fracos.
  • Para que dizer que você é ansioso? Hoje em dia a maioria das pessoas é ansiosa. Você não precisa citar isso em sua entrevista.
  • Quando você se mostra resolvendo o seu ponto fraco, você mostra maturidade. Então isso acaba se tornando um ponto forte.
  • Cada examinador vai lhe interpretar de uma maneira. Então um pode ver como um ponto fraco e outro não. Tudo dependerá dele. Portanto, não fique cheio de expectativas sobre ter falhado na entrevista.
  • A entrevista é só uma etapa do processo. Você estará, na realidade, sendo avaliado o tempo todo. Tenha calma e haja com ela. Se você estiver relaxado, suas chances serão muito maiores.

Seguindo essas dicas fica bem melhor falar seus pontos fortes e fracos durante a entrevista.

About Jeniffer Elaina da Silva

Jeniffer Elaina trabalha como Editora freelancer, tendo mais de cinco anos de experiência em escrita e revisão de artigos para web. É formada em Marketing com pós-graduação em Administração de Empresas na FGV Bauru. Sua maior paixão é poder compartilhar conhecimentos e aprender um pouco mais a cada dia.


DISCUSSÃO

Loading Facebook Comments ...

Discussão

Diego August 13, 2015 at 1:12 pm

Bom dia Jeniffer,

gostaria de saber como devo me vestir para uma entrevista, se depende do cargo, do porte da empresa, se devo ir bem arrumado para impressionar etc…
pontos fortes todos sabemos vários, já pontos fracos xiiii, bem difícil de saber na hora de falar e o nervosismo atrapalha bastante, seria correto pesquisar sobre alguns exemplos de pontos fracos que não podem ajudar a garantir minha vaga para a empresa? se sim gostaria de alguns exemplos se não, como posso identificar esses pontos fracos.

Obrigado!

Postar um comentário

Os comentários estão encerrados.